terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Blog de gastronomia - Cozinha Festeira

Achei um blog bem legalzinho, escrito pela Liu, uma estudante de gastronomia de Salvador; ele é cheio de dicas, idéias e receitas bem originais! Vejam os posts do barril de melanciahot roll de banana da terra com queijo coalho e melaço e entenderão o quiz dizer... Acessem aqui:  http://www.cozinhafesteira.blogspot.com/
E pra vc Liu, boa sorte e bons ventos blogueiros pra vc!
abraços
Farina

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Bolo de Carne com Queijo e Cenoura - Variacões sobre um mesmo tema...

Outro dia resolvi fazer uma receitinha básica e bem simples, um rocambole de carne moída com sopa de cebola e recheado de muzzarella; só que desta vez resolvi variar e usar recheio de cenoura. Pouco antes de levar ao forno, meu sobrinho Gessé, que me deu uma super força nesta e outras receitas naquele dia, constatou o erro... mal feito, resolvemos assar pra ver no que dava, e no fim ficou... muito gostoso! Segue portanto mais uma receita fácil pro nosso blog... divirtam-se

Bolo de Carne com Queijo

Ingredientes
  • 400 gr de carne moída (Acém Paleta, Ponta de Alcatra, Patinho)
  • 1/2 pacote de sopa de queijo
  • 1 cenoura 
  • 4 fatias de bacon (ou bacon em cubos caso não tenha fatias em casa)
  • QB Manjericão seco moido
  • QB Pimenta do Reino

Modo de preparo
  • Cozinhe a cenoura levemente e separe
  • Misture bem a carne e a sopa de queijo até ficar bem homogêneo,
  • Abra como se fosse uma massa sobre um refratário
  • Envolva a cenoura com a carne formando um cilindro grande.
  • Feche as laterais até que a cenoura não esteja mais visível.
  • Remova para outro prato, lave o refratário, e unte com manteiga, recoloque o rocambole e envolva com as fatias de bacon ou o bacon em cubos na parte superior do rocambole.
  • Leve ao forno até que a carne fique bem assada. (aproximadamente 250˚C por 40 minutos)

O Resultado!



terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Quiche de queijo de cabra, tomates frescos e mangericão

Outro dia, com um pouco de queijo de cabra na geladeira, e com medo de perdê-lo de velhice, resolvi fazer uma torta leve folhada do Le Vin, que vi no blog do Katsuki, da Folha; o fato é que, muito cansado com as atividades diárias, não animei de fazer uma massa folhada pra uma tortinha só... daí a coisa simplificou para uma torta tipo empadão e nem sei direito foi parar numa quiche... talvez consequência de minha última experiência, bem sucedida com uma quiche rápida de abobrinha, me animei e achei mais uma receita, desta vez sem facilitadores para o recheio como queijo cottage da outra quiche que fiz... acompanhem a receita; ficou saborosa e com o sabor marcante do queijo de cabra. Sirva muito quente!
abraços
Farina


Quiche de queijo de cabra tomates e manjericão fresco



Ingredientes
Massa:
1 1/4 xícara de chá de farinha de trigo
100 gr. manteiga
2 colheres de sopa de água gelada
QB sal
Recheio:
• 1 colher de sopa de manteiga
• 250 ml. creme de leite fresco
• 3 ovos
• 2 gemas
• 200 gr queijo de cabra fresco
• QB sal
• QB pimenta do reino (de preferência moída na hora)
• QB Noz moscada
Para o acabamento
• 1 tomate grande e aproximadamente
• 1 ½ colher de sopa com folhas de manjericão fresco
• QB queijo parmesão

Modo de Preparo

Massa
• Para a massa, coloque a farinha e o sal em uma tijela, junte a manteiga em pedaços e misture com a ponta dos dedos até que a massa comece a adquirir uma certa consistência, e então junte a água
• Trabalhe rapidamente até que a massa fique lisa
• Enrole em um plástico e leve à geladeira por 30 minutos
Recheio
• Em uma tigela, misture o creme de leite, os ovos, as gemas, o sal, a pimenta e a noz-moscada
• Abra a massa em uma forma (própria para quiche ou de aro removível) de 25 cm de diâmetro
• Espalhe sobre a massa a azedinha e o queijo de cabra esmigalhado
• Cubra com o creme de ovos e leve ao forno à 200.C por 40 minutos, até que esteja dourado e firme
• Após aproximadamente 30 minutos de forno, retire e rapidamente decore com as fatias de tomates, folhas de manjericão, salpique com o queijo parmesão, e retorne para o forno.
• Sirva quente

O Resultado!

 Quiche de queijo de cabra

Detalhe: Quiche de queijo de cabra

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Lagarto com Batatas da Arlete

A Arlete é uma de nossas referências em comida boa aqui em São José dos Campos. Coração enorme e mãos abençoadas pra cozinhar, não há comida que ela não faça (e se não souber aprende) e que não saia boa. Outro dia, minha mulher com desejo de grávida por um lagarto com batatas e bastante caldo, pediu e nossa amiga foi em casa ensinar como fazer do jeito dela... resultado: cheguei de São Paulo às 9,30 da noite e me deparei com meus amigos e um jantar maravilhoso me esperando pra comer.. fiquei realizado!

Esta receita dá uma carne bem macia, com molho encorpado, que fica uma delícia com um vinho Shiraz ou Malbec...
Receita de Lagarto com Batatas da Arlete

Ingredientes:
  • 1 peça pequena de lagarto com aproximadamente 800 gr
  • 2 Cebolas grandes.
  • 2 Cenouras
  • 10 Batatas médias de mesmo tamanho.
  • 3 Dentes de Alho grandes.
  • 4 fatias finas de Bacon 
  • QB Vinagre
  • QB Sal
  • QB Pimenta do Reino
  • QB Louro

Modo de preparo
  • Misturar o alho triturado com o sal, pimenta, cebola, bacon e vinagre
  • Fazer um furo no centro do Lagarto e colocar uma parte deste mistura e a Cenoura.
  • Fazer pequenos furso em volta e colocar mais um pouco do tempero.
  • Deixar metade de tempero reservada.
  • Selar muti bem a carne com manteiga em um panela grande.
  • Após selar, cobrir a carne com água e deixar fervendo
  • Quando reduzir a água pela metade, adicione o restante do tempero e a Cebola; continue reduzindo.
  • Quando reduzir por 1/4 adicione as batatas para conzinhar com a carne
  • Estará pronto quando o molho engrossar e  as batatas estiverm cozidas.
  • Disponha a carne ao centro cercada pelos legumes, e decore com salsinha
 O Resultado...
Carne Assada da Arlete

Detalhe da Carne Assada da Arlete

Prato montado: Carne Assada, bataras, legumes salteados, salada e arroz




sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Oishii - Bom japonês em São José dos Campos

Filial de uma pequena rede em São Paulo, aberto há 9 meses em São José dos Campos, tem hoje ao meu ver, como maior atrativo o rodízio, que é servido no almoço e jantar: Sem restrição de sashimis, com pratos quentes como Shimeji, Harumaki, Tempurá, mesmo sem camarão ou polvo pode agradar a muitos amantes da cozinha japonesa na cidade.
O atendimento é rápido, e se não chega a ser amistoso, é eficiente. Alguns garçons mais inexperientes estavam sendo acompanhados pelos pessoal mais antigo e não houve problemas no atendimento.
Pedimos um rodízio e um Yakissoba.
O rodízio começou pelo Shimeji, Harumaki e Guioza, que foram servidos quentes, na temperatura certa, detalhe para o Harumaki em tamanho pequeno, mas leve e com proporção de recheio/massa bem balanceada, e o Guioza frito, que curiosamente veio bem crocante e sequinho. O Tempurá veio com uma montagem muito bonita, e sem óleo, mas com alguns pedaços um pouco massudos; o de tempurá de Cebola, e Cenoura estavam gostosos. Além disto os pratos quentes incluem lula à dorê e chicken katsu, também saborosos.
De qualquer forma, na minha opinião, os pratos friso como sushis e sashimis foram o ponto alto. Os temakis devem ser solicitados, como de praxe, com várias opções; pedi um de salmão que veio bem gostoso, úmido, sem estar encharcado, com peixe bem fresco. Os sashimis são corretos, com opção de salmão, peixe branco e atum (raro nesta época do ano),  sem restrição de quantidade. Os sushis foram bem montados, Niguiri em tamanho adequado (não muito grande) para degustar, com skin  um pouco grosso demais pro meu gosto, mas os demais agrandando pela delicadeza na montagem e alguma criatividade.O Hot Roll sem muita massa, permitia sentir o sabor do alimento.
Minha mulher experimentou o Yakissoba, mas não achou brilhante; muito molhado com pouco sabor, ainda acha o do Yamabuki do Centar Vale, superior.  A apresentação de todos os pratos é bonita e singela como um bom japonês deve ser. 
A visita valeu e voltaremos com certeza no futuro. Desejamos as boas vindas ao Vale do Paraíba, de mais um restaurante japonês, e torcemos para que a casa mantenha a qualidade das coisas boas e evolua nos pontos ainda fracos...


abraços
Farina

Restaurante Oishii

Rua Coronel José Domingues de Vasconcelos, 4 (veja o mapa aqui)
São José dos Campos - SP
CEP 12243-840

Tel: 12-3911-2337


Horário de Atendimento: Segunda à Quinta almoço das 12 às 15 e jantar das 19:00 às 23:30. Aceita Master, Visa, Amex, Dinners e Redeshop
Prós: Variedade, sushis bem elaborados, não tem limite de sashimi no rodízio.
Contras: Atendimento pode ficar mais simpático.

Preços: Rodízio almoço semana (seg à sex): R$ 26,90, Rodízio jantar semana (seg à qui) R$28,90, demais dias R$29,90

Internet: http://www.restauranteoishii.com.br/  (mostra apenas um endereçao de São Paulo... )
Entrega à domicílio? Não, mas embala para cliente retirar.
Contato email: n.d.








terça-feira, 30 de novembro de 2010

Spaghetti à Carbonara

Receita de Carbonara da minha mulher, maravilhosa... ela e a receita.

Spaghetti à Carbonara

Ingredientes
• ½ pacote de Spaghetti
• 100 gr de bacon
• 2 a Ovos Grandes
• 40 gr Parmesão Ralado
• 1 cx de creme de leite
• QB Sal
• QB Pimenta

Modo de Preparo
Em uma panela grande esquente água. Ao ferver acrescente a massa e ponha sal
Cozinhe o Spaghetti até ficar “al dente” e separe.
Em separado, bata os ovos com o creme de leite o queijo, sal, pimenta e reserve.
Em separado frite bem o bacon e reserve
Junte a mistura à massa ainda quente, ou a aqueça levemente enquanto acrescenta, adicione o bacon e sirva.

O Resultado




terça-feira, 23 de novembro de 2010

Bolo Fácil de Laranja com Duas Coberturas

Receita muito fácil da minha dentista alto astral, Dra. Cleide. Ao me contar a receita ela me recomendou uma cobertura de laranja; por minha vez achei que chocolate também combinava e ela também me passou uma receita de cobertura de chocolate. Experimentei fazer um bolo meio a meio… ficou bem legal; os pedacinhos de laranja ficam parecendo frutinhas cristalizadas de panetone! É rapidinho pra fazer e nem precisa de batedeira.

Bolo Fácil de Laranja da Dra. Cleida (com Duas Coberturas)

Ingredientes bolo:
- 1 Laranja pêra com casca e tudo, cortada em pedaços, sem as sementes
- 3 ovos
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 2 xícaras de açúcar
- ½ copo de água
- ½ copo de óleo
-1 colher de sopa de fermento
- Pitada de sal

Ingredientes cobertura de laranja:
- 1 laranja
- 1/2 xícara de açúcar

Ingredientes cobertura de chocolate:
- 4 colheres de sopa de chocolate do padre
- 4 colheres de sopa de açúcar
- 2 colheres de manteiga
- QB leite

Modo de preparo do Bolo
- Bata tudo no liquidificador
- Coloque em uma forma untada, e leve ao forno à 180˚C por aproximadamente 25 minutos ou até dourar.

Modo de preparo da cobertura de laranja:
Misture os ingredientes em um panela e cozinhe até reduzir a uma calda.

Modo de preparo da cobertura de chocolate
Misture os ingredientes em um panela e cozinhe até reduzir a uma calda.
Acerte a espessura do caldo com um pouco de leite se necessário.

O Resultado!


Bolo de laranja, ainda sem a cobertura

Bolo de laranja - Já com a coberttura de chocolate e de laranja

terça-feira, 16 de novembro de 2010

À Francesa - Quiche de Abobrinha...

Esta receita eu peguei em um suplemento das Casas Pernambucanas (!) que estava no meio de umas revistas na casa de amigos... a foto estava bonita, achei que valia a pena e valeu!
A quiche é uma torta aberta, que pode ser feita com uma variedade enorme de recheios, sempre com base de ovos e creme de leite. A receita que está aqui usa queijo cottage como base, o que torna mais fácil fazer o quiche, sem alterar seu sabor. Para os curiosos, apesar de ser conhecido como uma comida tipicamente francesa, a quiche tem origem alemã. A quiche lorraine, tem este nome por causa da região da França com este nome, fronteiriça com a Alemanha.
A quiche é uma comida versátil que pode ser saboreada no café da manhã almoço ou jantar. Esta quiche de abobrinha servi com uma salada com folhas da alface, pepino japonês fresco, cortado em fatias finas, e cenoura cortada e refogada com sal, para um almoço leve. É uma receita relativamente fácil.
Experimente e me conte o que achou,
Abraços
Farina

Quiche de Abobrinha
Ingredientes (8 porções)
Massa:

• 1 e 1/3 xícara de chá farinha de trigo
• 3 colheres de sopa de manteiga gelada, cortada em cubos
• 1 colher de sopa de azeite
• 5 colheres de sopa de água fria
• QB de sal

Recheio
• 1colher de sopa de manteiga
• 1 cebola media picada
• 1 abobrinha grande cortada em rodelas finas
• 1 pote pequeno de queijo cottage
• 2 ovos
• ½ colher de sopa de farinha de trigo
• 1/3 de xícara de chá de leite
• 1 colher de chá de fermento em pó
• QB de sal
• QB de pimenta

Modo de Preparo
Massa:
Em um recipiente misture a farinha de trigo e a manteiga até formar uma farofa. Adicione azeite, a água e o sal.
Misture até formar uma massa lisa e homogênea.
Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 15 minutos
Recheio:
Em uma frigideira aqueça a manteiga e doure a cebola
Junte a Abobrinha e tempere com sal e pimenta. Refogue por 2 minutos
No liquidificador bata o cottage, os ovos, a farinha de trigo, o leite e o fermento. Com a massa forre uma forma para quiche com 25 cm de diâmetro com fundo removível
Coloque o creme, distribua as rodelas de abobrinha, salpique queijo parmesão ralado e asse no forno preaquecido a 200.C por 25 minutos ou até dourar.

O Resultado!


O Quiche!







Almoço com Quiche



Detalhe da Cobertura


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Descascando ovos...

Gente,

Descascar ovos às vezes é muito chato não é? Já tentei várias técnicas, mas em geral 60% das vezes, machucando a superfície do mesmo, ainda leva quase um minuto para fazê-lo. Minha mulher me ensinou uma que, até a semana passada, achava a mais eficiente. Consistia em rolar o ovo, já cozido, sobre a pia quebrando a casca lateralmente e depois começar a descascar pelo lado, puxando a pelezinha junto com a casca... chance de sucesso 70%. Tempo médio de descasque, 20 a 30 segundos
Esta semana aprendi outra técnica que arrebentou. chance de sucesso 100%. Tempo médio de descasque, 8 segundos ou menos.... veja o vídeo.
Não tem segredo, fiz exatamente deste jeito em casa e a coisa é instantânea. é só o tempo de tirar as pontas e assoprar.

Abraços
Farina

sábado, 6 de novembro de 2010

Mousse de Aspargos

Comi na Farfalla em São Paulo, um bistrozinho despretensioso e acolhedor nos Jardins, no dia das eleições. A mousse tem um sabor surpreendente; ao mesmo tempo suave, mas com sabor marcante. Vai bem com salada, e salmão defumado.   

 Mousse de Aspargos
Ingredientes:
- 1 vidro de aspargos
- 200 gr de maionese
- 1 pacote de creme de leite
- 1 pacote de getlatina sem sabor

Modo de Preparo:
- Bata os aspargos a maionese e o creme de leite no liquidificador e separe
- Dissolva uma gelatina sem sabor em um pouco de água quente
- Misture a gelatina com o resto e bata no liquidificador
- Unte uma forma de pudim, coloque a mistura e leve à geladeira.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Torta Salgada da Dona Blanca (Frango, Carne e outros)

Receita antiga de família, trazida do Uruguai, pela dona Blanca Nunez, mãe de uma amiga querida.
Esta torta é quase um folhado, fácil de fazer; a massa fica sequinha.

Ingredientes massa:
-2 colheres de chá de fermento
-1/2 kilo de Farinha
-QB Sal
-1 Xícara grande , 1/2 de óleo e 1/2 de água

Ingredientes Recheio (3 OPÇÕES):
OPÇÃO 1
1 peito e meio de frango, assado ou refogado, desfiado
azeite
1 tomate sem pele
1 cebola
oregano
100 gr de catupiry ou muzzarela ou parmesão
QB Azeitonas

OPÇÃO 2
700 gr de Carne Assada
3 Ovos Cozidos
QB Azeitonas Verdes

OPÇÃO 3
300 gr Presunto
500 gr Muzzarella
1 caixinha de Molho Branco

Modo de preparo massa:
Misturar tudo
-Deixar descansar por 15 minutos
-Em seguida bater na pia ou outra superfície lisa (e limpa!), e abrir a massa bem fininha, seguindo o seguinte processo: jogar maizena, dobrar, esticar, e repetir o ciclo, como se fizess um croissant.

Modo de preparo do recheio:
-Misturar tudo

Finalização:
- Untar a assadeira (pequena) com óleo
- Colocar a massa
- Rechear, tampar
- Levar ao forno à 160 graus, de 30 à 40 minutos até dourar.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Salada com Queijo de Cabra (Chevre Chaud)

Em 2006 experimentei pela primeira vez salada com queijo de cabra quente, o famoso "Chevre Chaud" francês, significando literalmente "(queijo de) cabra quente").

Como tudo na França, ele veio a mesa arrumado graciosamente no prato, com apresentação impecável, e, já na primeira mordida soube que amaria este sabor para o resto da vida.

Apesar da aparência semelhante ao queijo fresco, o queijo de cabra tem um sabor muito acentuado, e levemente picante; quando aquecido este sabor é todo liberado. Usa-se o pão (italiano, ou mesmo fatias de pão integral levemente torrado) para apoiar as fatias de queijo para que ele não cozinhe as folhas da salada, que devem estar bem frescas, e combinam perfeitamente com o queijo e o pão, dando frescor a eles. Por fim, um molho feito na hora para o toque final.


A boa apresentação é fundamental, e para tanto postei várias fotos que achei em sites variados, além das saladas que fiz em casa, com pequenas variações. Notem que não há uma norma rígida, apenas tentem usar a sensibilidade de combinar os sabores. em uma das fotos ao final, de saladas que eu fiz, pus gergelim preto em uma, um pedacinho de frango empanado e até um pouco de beringela escabeche (coisas que tinham sobrado da geladeira, mas estavem bem frescas ainda).


Esta salada, pode ser uma boa refeição para um dia de desintoxicação ou regime, ou um acompanhamento para um almoço ou jantar mais formal; não importa, é uma das comidas que quase todos que experimentam uma vez, guardam no coração pra sempre.
Chevre Chaud
Ingredientes (2 pessoas):
  • 1 Peça de queijo de cabra pequena de aproximadamente 200 gramas (normalmente não se vende em pedaços menores)
  • QB Folhas verdes, preferencialmente alface, bem fresca.
  • QB Tomate, cortado em fatias
  • 4 fatias de Pão tipo italiano OU 4 fatias de pão integral passado na torradeira
Para o molho
  • 6 colheres de sopa de Azeite,
  • 1 colher de sopa de Mostarda, de preferência tipo Dijon
  • 1 dente de alho bem amassado e cortado
  • Suco de 1/2 Limão
  • QB Sal
  • QB Pimenta do Reino
Modo de Preparo:
  • Bata os ingredientes do molho em um processador
  • Disponha as folhas em dois pratos grandes (1 para cada pessoa) tempere com 2/3 do molho e separe
  • Corte as fatias de pão em quatro
  • Corte o queijo em fatias e o distribua pelas fatias
  • Leve ao forno até começar a dourar
  • Retire as fatias e as coloque sobre as folhas
  • Disponha os tomates entre as torradas e coloque o resto do molho
  • Sirva imediatamente
O Resultado






































































terça-feira, 19 de outubro de 2010

Almondegas caseiras fritas (ou bolinhos de carne fritos)

Almôndegas, almondegas, polpetta, porpeta, uma comidinha trivial, mas que tem um sabor de nostalgia para mim, pois eu a faço com a receita da família, do jeitinho que se comia na minha casa há 40, 50 anos atrás. É barato de fazer, mas por ser  frito, recomendo que seja servido com arroz feijão e salada apenas, sem cremes ou outras frituras... comendo uma vez por mês não há de ser tão prejudicial... afinal é uma delícia! Uma coisa boa desta receita é que para o preparo deste tipo de almondega, usamos sobras de miolo de pão (sim tem muita gente que não come). Para isto à medida em que for sobrando miolo, vá colocando em uma vasilha no freezer. Ao final de um, dois meses, haverá material suficiente para 4 porções de almondega.    

Almondegas caseiras fritas
Ingredientes
500 gr de carne moída (patinho...
500 gr de miolo de pão
1 cebola média picada bem miúda
4 colheres de sopa de salsinha
1 ovo batido, cru
QB sal

Modo de preparo
Tire o miolo de pão do freezer na véspera, deixando na geladeira.

Pegue o miolo e umedeça com um pouco de água, desfazendo-o até formar uma massa mais ou menos homogênea.
Não se preocupe se um ou outro ponto ficar empelotado; é normal, e derá o charme caseiro para a almondega.
Misture o miolo e a carne
Adicione o ovo e misture
Adicione a cebola e misture
Adicione a salsinha e misture
Adicione sal e misture até tudo ficar homogêneo
Faça bolinhas com sua mão. OBS: Como eu gosto da alondega bem frita, crocante por fora e bem cozida por dentro eu faço bolinhas de no máximo 4 cm; caso queira alondegas maiores fica a seu gosto, mas neste caso deve-se usar um pouco mais de miolo.
Frite em óleo bem quente, por alguns minutos até atingir a cor marrom escura.
Escorra e deixe descansar no papel toalha (muito papel toalha!)

Sirva preferencialmente com arroz e feijão acompanhado de uma boa salada de folhas.

O Resultado
 




sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Salada Verde com pimentões grelhados no azeite de alho e queijo da serra

Simples como as boas coisas da vida!

Salada Verde com queijo da serra e pimentões grelhados no azeite de alho Ingredientes (pra 2 porções):
  • 1/4 de pé de alface
  • 2 tomates
  • 2 fatias de queijo da serra da canastra (veja artigo aqui)
  • 1 pimentão amarelo
Modo de preparo
  • Abra o pimentão amarelo, tire as sementes e a base do talo. Corte em tiras largas. Disponha as fatias em um grill e sobre elas deite um fio de azeite de alho. (aprenda como fazer o azeite de alho aqui)
  • Caso não tenha grill salteie os pimentões em uma frigideira com o mesmo azeite. 
  • Monte uma cama de folhas de alface em dois pratos
  • Parta  os tomates em quatro
  • Pique o queijo em tiras
  • Monte de acordo com a foto abaixo

Azeite de Alho

Por ser um tempero mais forte, recomendamos que você tenha em casa uma garrafa de azeite de alho e uma de azeite normal para quem não apreciar o paladar do primeiro.
O azeite de alho é uma mão na roda para pratos rápidos, saladas, bruschettas, e fritatas acentuando o sabor dos alimentos.

Modo de preparo

Descasque 12 dentes grandes de alho e “aperte” cada um deles levemente com a faca

Caso queira adicione 1 folha de louro e 1 ramo de alecrim.
Insira os dentes e as folhas em uma garrafa de azeite de boa qualidade
Ao longo do tempo o azeite vai adquirir o sabor do alho

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Bauru do Ponto Chic - Rosbife de Lagarto

Há algum tempo reproduzi em casa a receita do famoso Bauru do Ponto Chic de São Paulo, uma casa muito tradicional. Este sanduiche é, na minha opinião, um dos mais originais e saborosos que já provei, e tem muito pouco a ver com os "baurus" da vida que pedimos em padarias como mata-fome. Apesar desta delícia nunca ter mudado, ela me deixou saudades quando fui eu que mudei, de Sampa para São José dos Campos, há muitos anos atrás.
A atmosfera animada do Ponto Chic, fundado há quase 90 anos, o chopp bem tirado, o bauru original, e outros pratos, comida honesta, bem servida, nunca me decepcionaram.
Portanto, mesmo fazendo a receita, ainda recomendo à quem for à São Paulo, que experimente o Bauru original, acompanhado de fritas (que também são exclusivas do PC). No próprio site do Ponto Chic, você encontra facilmente os endereços e os mapas de localização

Abaixo a receita, mãos à obra e divirtam-se!

Receita do Bauru do Ponto Chic
O Rosbife do Sanduíche pode representar um problema logístico, para ficar gostoso e bem parecido com o original, ele deveria ser feito a partir de uma peça de lagarto, que normalmente tem 2 kilos. Como hoje em dia, com as famílias cada vez menores, isto fica um pouco fora da realidade, tentei adaptar para 3 pessoas no máximo (meia dúzia de sanduíches). Recomendo comprar uma peça, tirar em torno de 500 gramas dela, e fazer o rosbife para o sanduíche. Depois, caso queira, você poderá preparar o resto como rosbife também, ou carne assada, que fica muito gostoso também.
Ingredientes (para aproximadamente meia dúzia de sanduíches) :
Para o Rosbife (preparar 2 dias antes dos sanduíches)
• 500 gr de lagarto bem limpo
• 1 dente de alho bem socado (grande)
• QB Mostarda amarela
• QB sal a gosto
• QB pimenta moída
• 1 colher de azeite ou óleo
• QB água quente
• barbante de algodão

Para o creme de queijos
• 300 gr de queijo prato
• 300 gr de queijo gouda
• 300 gr de queijo estepe ou suíço
• 60 gr de manteiga

6 Unidades de Pão Francês, do tipo grande, de preferência Fresco!
QB Picles de Pepino
QB Tomate

Ingredientes (por sanduiche)
- 70 à 80 gramas de rosbife (5 a 6 fatias finas)
- 140 gramas do creme de Queijos
- QB pepino em conserva
- QB tomate em rodelas
- 1 pão francês, tipo grande

Modo de Preparo
Rosbife- Limpar bem o lagarto
- Amaciá-lo com o soquete de carne, sem pena
- Amarrar a carne com o barbante deixando de forma arredondada e bem firme.
- Passar sobre a carne uma camada farta de mostarda amarela e sobre ela o alho socado com sal e pimentas.
- Colocar a carne dentro de um saco plástico de um dia para o outro, mais ou menos
- 12 horas na geladeira e mexer virando o pacote da carne para que o tempero fique bem homogêneo.
- No dia seguinte, tirar o excesso de ingredientes da carne, esquentar bem uma panela de ferro grande, colocar o óleo e selar a carne em todos os lados nesta panela.
- Depois de selar, levar ao forno bem quente, de preferência na mesma panela, por 30 min, cobrindo com papel alumínio, até que o exterior esteja bem assado
- Retire do forno, espere esfriar e ponha na geladeira, por várias horas.
- Quando for fazer os sanduíches, corte fatias finas.
- Sirva frio.
Creme de Queijos- Faça um banho maria.
- Adicione os queijos, e dentro da panela, junto com os queijos, adicione a manteiga e um pouco de água.
- Quando estiver bem derretido, tire um pouco da gordura que se separou e misture bem os queijos.
- Sirva quente.
(Importante! Muito da graça do sanduíche está na diferença de temperaturas entre o creme de queijos e o rosbife)

Modo de preparo do Sanduíche:- Tire o miolo dos pães
- Coloque nesta ordem (de baixo pra cima)
- Rosbife
- Rodelas de tomate
- Fatias de picles
- Creme de queijos

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Frango assado no parmesão

Mais uma receita de família, muito simples de fazer, fica delicioso, principalmente acompanhado de um creme de milho feito na hora, arroz e uma salada de entrada.

Frango assado no parmesão
Ingredientes:
  • 4 peitos de frango
  • 100 gramas de queijo parmesão de boa qualidade, ralado bem fino
  • 2 colheres de sopa de manteiga, derretida no banho maria
  • Para o vina d'alho:
    • 1 colher de sopa de alho triturado
    • QB Sal
    • 1 limão grande
Modo de preparar:
Temperar em vina d'alho os pedaços de frango de preferência no dia anterior e deixar marinar.
Nodia seguinte, tirar o excesso de tempero, deitar os pedaços de frango na manteiga e em seguida empana-los no queijo parmesão.
Enrolar os pedaços com cuidado em uma forma pequena
Assar no forno pequeno à 200.C por 40 minutos ou até que eles adquiram uma cor dourado escura.

Sugestão de servir:
Arroz Branco, Creme de Milho, Beterraba cozida, Salada com tiras de queijo da serra, com pimentões grelhados no azeite e alho.

O Resultado:

Prato montado

Frango assado ao parmesão


Creme de Milho Verde

Bom para acompanhar Frango e Carne assada,

Creme de Milho Verde
Ingredientes:
  • 1/2 litro de leite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher e meia (sopa) de farinha de trigo
  • 1 caixa de creme de leite
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 lata de milho verde em conserva, escorrido

Modo de Preparo:
Aqueça o leite em fogo baixo.
  • Em uma panela funda, aqueça a manteiga em fogo baixo. Quando começar a derreter junte a farinha de trigo
  • e deixe dourar, mexendo sempre. Quando adquirir a consistência de massa, coloque o leite aos poucos, misturando vigorosamente. Adicione o creme de leite e o sal e misture bem. Aqueça sem deixar ferver.
  • Misture 1/2 colher de sopa de maizena em um dedo de leite quente, mexendo bem para não empelotar. Adicione esta mistura lentamente no creme.
  • Adicione o milho
  • Aqueça até ferver.


terça-feira, 5 de outubro de 2010

Bolo de Carne com Cebola (ou Rocambole de Carne)

Receita simples e gostosa, pode ser servida quente no almoço ou em sanduiches frios com salada, como lanche. Infelizmente as fotos não fizeram justiça ao prato desta vez... estou precisando de outra máquina.

Bolo de Carne

Ingredientes
  • 750 gr de carne moída (Acém Paleta, Ponta de Alcatra, Patinho)
  • 1 pacote de sopa de cebola

  • 200 gramas de mozzarella

  • 6 ou 7 fatias de bacon (ou bacon em cubos caso não tenha fatias em casa)

  • QB Manjericão

  • QB Pimenta do Reino
Modo de preparo:
  • Misture bem a carne e a sopa de cebola até ficar bem homogêneo,

  • Abra como se fosse uma massa sobre um refratário

  • Faça um canudo de mauzzarella e coloque em uma extremidade da massa

  • Enrole a massa totalmente, partindo desta extremidade (ficará como um rocambole). Feche as laterais até que a mozzarella não esteja mais visível.

  • Remova para outro prato, lave o refratário, e unte com manteiga. Recoloque o rocambole no refratário, sentido de comprimdo, e envolva com as fatias de bacon ou o bacon em cubos na parte superior do rocambole.

  • Leve ao forno até que a carne fique bem assada. (aproximadamente 250˚C por 40 minutos)

    Sugestão de servir:- pure de batatas ou batata palha,
    - arroz, feijão
    - salada verde
O Resultado







sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Chopperia do Gordo - Jacarei

Quem é de Jacareí já sabe; entra ano e sai ano, o melhor restaurante, pizzaria e chopperia da cidade é o "Gordo". Fundado em 1982 e comprado pelo Abílio Ribeiro, seu irmão e seu pai em 1989, o restaurante é um dos raros que ao longo de quase 30 anos tem mantido, de forma louvável, sua qualidade estável e um atendimento super amistoso, fruto da experiência da família, obtida quanto dirigiam a tradicional Pizzaria Chaplin em São Paulo.
O serviço muito acolhedor é fruto de uma equipe super entrosada, com garçons experientes e simpáticos como Ilson, Gallo e Aparecidoe, o Chopp bem tirado, com colarinho cremoso, pizza com muzzarella curtida com um toque de alho, filés generosos (eu amo o filé aos quatro queijos com molho branco, que vem bem gratinado!) e uma feijoada completa e honesta no sábado. A casa também é uma das poucas que servem kassler e eisben na região. Eu recomendo com louvor, indispensável para quem procura um lugar bom pra comer em Jacareí e região.

Chopperia do Gordo
Rua Alfredo Schurig, 11 (veja como chegar aqui)
Centro, Jacareí
Tel: 12-3952-1452 / 12-3951-3869


www.chopperiadogordo.com.br
chopperiadogordo@ig.com.br

Aceita: Visa, Master, AMEX, Sodexho, Ticket, Redecard, VR

Delivery? Sim, almoço aos sábados, domingos e feriados e jantar todas as noites a partir das 19:00

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Strogonoff (Receita dos Farina)

Esta semana, à pedidos, fiz o Strogonoff (ou Estrogonofe) a pedidos de minha mulher, grávida de 8 meses. Strogonoff sempre foi uma das receitas favoritas na casa de minha mãe, todos nós amávamos, mas nunca foi muito frequente por conta da preocupação dela com nossa saúde... bons tempos em que as mães de família tinham mais tranquilidade para fazer cardápios balanceados e a obesidade não era comum. Seja lá como for, era uma receita meio diferente, pois não usava ketchup, nem molho de tomate, e sim vinho e tomate fresco batido; sabor suave e inesquecível. Quem souber me esclareça de onde veio esta receita... mesmo procurando a história do prato, e curiosidades a respeito não descobri. Em compensação recomendo que leiam um post a respeito no blog comida, do Chico Junior,  e o artigo sobre isto na wikipedia.
Enfim, o prato ficou muito bom, mas no fundo ela queria a receita dos Tayar (família dela) e não a receita que usei, dos Farina (minha família) ... desculpe querida! Em breve colocarei aqui a receita dela, que também é maravilhosa!
abração
Farina

Strogonoff (Receita dos Farina)
Ingredientes:

  • 600 gr de filé mignon (opcionalmente alcatra ou contra-filé, ou se estiver no desespero $, patinho)
  • 1 Cebola média ou ½ Cebola grande, picada bem miúda.
  • 1 ou 2 colherzinhas de café de alho bem picado
  • 1 a 2 tomates
  • 1 caixa de creme de leite
  • 1 vidro grande de champignon
  • QB Sal
  • Duas colheres de sopa de azeite
  • Uma colher de sopa de manteiga para refogar
  • meio colher de spbremesa de Maisena
  • dois copoes de vinho tinto seco
  • QB Vinagre ou limão

Modo de Preparo:

  • Marinar a carne por uns 20 minutos no vinagre, vinho, sal e alho - Separe
  • Pelar os tomates (aprenda a fazer aqui) e tirar as sementes; após isto passá-los no liquidificador - Separe
  • Misture a maisena em um dedo de vinho e separe
  • Junte o azeite e a manteiga em uma panela média, e refogue a cebola
  • Acrescentar a carne
  • Acrescentar os tomates
  • Acrescente um copo de vinho tinto seco
  • Acrescente o champignon
  • Cozinhar bem e deixar reduzir até que haja pouca água
  • Temperar com sal à gosto
  • Em separado junte a mistura de vinho e maisena no creme de leite e misture
  • Junte este creme de leite ao resto da mistura – não deixar ferver para não talhar.
  • Verifique se está bom de sal.
Acompanhe com arroz branco e um dos 3: batata frita, purê de batata ou batata palha
Bom proveito!

O Resultado


sábado, 25 de setembro de 2010

Como pelar tomates

Peguei esta no site de culinária de um provedor português. funciona que é uma beleza, só lembre que pra eles o pé do tomate é aonde se junta o caule ao fruto.
Veja aqui o vídeo

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Site de Receitas da Nestlé


Há muitos anos experimentei um Goulash à moda alemã na casa de um conhecido que achei maravilhosa. Perdi o contato com ele e nunca mais consegui reproduzi-la... resultado, comecei a procurar receitas de Goulash e acabei trombando com um site de receitas da Nestlé que é tudo de bom. Mais de 2500 receitas, bem explicadas, com tempo total de preparo, nível de dificuldade e custo, muitas delas tem fotos para auxiliar o preparo, e um mecanismo de meta busca que permite selecionar várias características de um prato; assim por exemplo se estou buscando uma receita de carne, como prato principal, eu posso através da barra de ferramentas (veja setas na foto ao lado) selecionar estas características e achar uma opção rapidamente. é ainda possível selecionar o tema (veja o destaque em vermelho na foto), e acrescentá-lo a minha busca.


Afinal neste site acabei achando uma receita base de Goulash que vou adaptar e experimentar; depois conto como ficou.


Abração


Farina




quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Omelete para almoço

Hoje passei o dia trabalhando em casa, e sem o mínimo saco de cozinhar, nem vontade de comer fora, fiz uma omelete rápida, com temperos de minha horta* da categoria "já-te-vi". Saudável, rápido (fica pronto em menos de 10 minutos) e simples. Minha mulher achou digno de postar... então lá vai.
Para duas pessoas,

Omelete Já Te Vi
  • 3 ovos
  • QB sal
  • QB pimenta do reino
  • 2 colheres de sopa de salsinha fresca, bem picada
  • 1 colher de sopa de mangericão fresco bem picado
  • 50ml de leite integral (um dedo)
  • 200 gr de Carne; o que tiver na geladeira: carne assada, moída,frango, linguiça, salsicha,  etc.bem picada
  • 1/2 tomate picado
  • 2 fatias de cebola bem picadas

Modo de Preparo
  • Misture bem a carne com a cebola e o tomate,
  • Bata bem os ovos com o leite, salsinha, manjericão, sal e pimenta
  • Deite um fio de azeite em uma frigideira grande, espere esquentar e prepare a omelete
  • Antes de fechá-la coloque o recheio em uma fileira como o recheio de uma panqueca.
  • Feche a omelete e deixe mais um pouco na frigideira, para esquentar bem.

Acompanhe com salada, de preferência Rúcula e Agrião, que combinam especialmente com omelete, pelo sabor constrastante, e arroz, integral, 7 grãos ou mesmo arroz branco.
Abraços e bom almoço!

* Se possível tenha uma horta em casa com temperos frescos, a comida fica muito mais "viva" e saborosa. É muito simpels, salsinha, hortelã e manjericão por exemplo, quando tem algumas folhas retiradas, crescem novamente. Não ocupa muito espaço, é barato e simples de manter; só aguar e colocar num cantinho aonde bata um pouco se sol. Experimente!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Carne de panela à moda da minha mãe (e com cogumelos à minha moda)

Ingredientes para a Carne
  • Uma peça de aproximadamente 500 gr de Lagarto
  • ½ limão
  • 2 a 3 colheres de sopa de Azeite
  • ½ Cebola cortada em pedaços pequenos
  • 1 colher de sopa de bacon cortado em cubos
  • 1 dente de alho
  • 5 batatas médias inteiras, descascadas
  • 2 folhas de louro
  • QB pimenta do Reino
  • QB Sal

  • Opcional (1/4 de cubinho de caldo de carne)

  • Ingredientes para a Cebola
    1 ½ Cebola cortadas em fatias
    2 colheres de sopa de manteiga

  • Ingredientes para os Cogumelos
    250 gr de champignons frescos
    2 colheres de sopa de maneteiga
Preparo da Carne

  • Limpar o lagarto (deixe apenas a capa de gordura principal, para engrossar o molho)

  • Bater a carne em uma superfície limpa repetidamente por alguns minutos (amaciá-la)
  • Fura-la várias vezes (facilitar a penetração do molho)
  • Colocar um filme de óleo em uma panela e deixar esquentar bem
  • Selar a carne, retirar e separar.
  • Colocar mais uma pequena quantidade de azeite, apenas para dourar meia cebola, alho e bacon.
  • Retornar a Carne para a Panela
  • Acrescentar o louro e água fervente até um pouco acima da metade da carne.
  • Acrescentar o sal e pimenta e (opcionalmente) o caldo de carne.
  • Fechar a panela de pressão e cozinhar em fogo alto por 25 minutos.
  • Tirar a pressão da panela, acrescentar as batatas, cruas.
  • Com a tampa aberta, ligar novamente o fogo (médio) e deixar o molho reduzir pela metade
  • Cortar as batatas ao meio, dentro da panela mesmo
  • Deixar reduzir mais até quase acabar a água.
Preparo da Cebola
Em outra panela coloque uma colher ou duas de sopa de manteiga aquecer bem, e colocar a cebola e meia em fatias para dourar.

Preparo dos cogumelosLavar e secar os cogumelos.
Encher uma pequena panela de água e deixar ferver.
Ao ferver acrescentar os cogumelos e cozinhar por aproximadamente 4 minutos
Retirar a água e na mesma panela colocar uma ou duas colheres de manteiga, sal e pimenta do reino, salteando os cogumelos até que comecem a ficar dourados.

Sugestão de servir
Fatiar a carne, dispondo as cebolas em cima, e as batatas e cogumelos ao lado, no mesmo recipiente ou não. Arroz (branco ou integral) e uma salada simples com molho de iogurt fica perfeita pra acompanhar.


sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Receitas de Família

Sou praticamente o indivíduo mais novo da família, em minha geração; isto sempre teve um lado bom e outro ruim. Se por um lado de uma certa forma todos te protegiam até uma certa extensão (embora eu nunca tenha concordado com isto enquanto criança), também sofri as "torturas" dos primos e irmãos mais velhos, justamente por se o menor. Também por ser o mais novo, fui praticamente o último a casar, e ao conversar com minha mulher sobre as receitas de família me dei conta, assustado, que algumas delas estavam se perdendo, porque muitas das pessoas que amava e que cozinhavam maravilhosamente, já se foram. Isto naturalmente me levou à iniciar uma tentativa de resgate das receitas que conheço de criança, o que tenho feito conversando com parentes, experimentando, e escrevendo... este blog vai apenas receber de presente o que tenho tentado recuperar para que seja repassado; um jeito mais antigo, natural de fazer comida, pratos um pouco mais elaborados, que quase não se fazem mais nestes tempos de "tudo parmegiana", "semi pronto" e "frituras a não ter fim".
Sendo assim não estranhem, apenas testem as receitas e me digam o que acharam.
Espero que gostem,

Abraços
Farina

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Visitas ao blog!

Hoje conferi os acessos ao blog e descobri que estamos tendo visitas de amigos de 4 continentes! Veja que legal o mapa de Geolocalização:













Obrigado pela força, e visitas de todos, e boas receitas!




terça-feira, 14 de setembro de 2010

A Tal Torta Irlandesa....

Pessoal,
Me deparei esta semana com esta receita de Torta Irlandesa Folhada do pessoal da Gastrolândia (
visitem aqui), encheu a boca de água, e fui à luta para fazê-la. Não foi propriamente fácil, principalmente porque em vez de comprar a massa semipronta , fui pesquisar como fazer massa folhada partindo do zero (afinal, se é pra fazer vamos tentar fazer tudo não é mesmo?), portanto a receita está postada já com as duas opções (massa semi-pronta, massa totalmente caseira). Contratempos encontrados: Esqueci de adicionar extrato de tomate, e usei tomilho desidratado, fazendo um “chá” com ele, pois não achei tomilho fresco, mas ficou gostoso mesmo assim, só um pouco mais seco. Fiz a torta em formas quadradas, distribuindo o recheio em 3 pequenos refratários fundos. ; aparentemente isto não influencia o gosto, mas devo concortdar que é meio fora da tradição de pot pies e tortas inglesas, que realmente costumam ser feitas em recipientes redondos.
O fato é que ficou gostoso (minha mulher aprovou, meu sobrinho também!). Aconclusão é que, esta receita facilmente fica gostosa, mas é difícil (trabalhosa) de fazer exatamente como indicado no site original, pelo menos para um pobre mortal como eu.... Mesmo assim recomendo tentar; para facilitar o preparo, destaquei ao longo da receita os ingredientes para que vocês não esqueçam como eu, nem o extrato nem nada!
Quem se animar em fazer, por favor deixe seu depoimento!
Abração,
Farina
P.S. Este post é dedicado à minha amiga Chris, que salvou o dia trazendo molho inglês, que tinha acabado sem que eu percebesse!
TORTA IRLANDESA DE CARNE COM GUINNESS
Ingredientes - Recheio- 1 quilo de contra-filé ou patinho cortado em pedaços quadrados de 3 cm
- 3 colheres de sopa de farinha de trigo
- QB Sal
- 1/2 colher de chá de pimenta do reino
- 2 colheres de óleo vegetal
- 1 cebola grande picada
- 2 dentes de alho picados
- 3 colheres de sopa de água
- 2 colheres de sopa de pasta de tomate
- 1 xícara de caldo de carne
- 1 xícara de cerveja stout irlandesa ou Guinness (eu usei Caracu)
- 1 colher de sopa de molho de Worcestershire (caso não encontre, substitua por molho inglês)
- 2 colheres de chá de salsinha picada
- 2 cenouras médias cortadas em pedaços pequenos
- 2 raminhos de tomilho fresco

Ingredientes – Massa folhada (duas opções)
a- Opção mais simples:

• Duas embalagens de massa folhada congelada ( veja aqui como comprar)
• 1 ovo grande, batido levemente
• 1 colher de sopa de água

Preparando a massa mais simples:
• Abra a massa folhada em superfície levemente polvilhada com farinha até que ela esteja com cerca de 0,3 cm de espessura.

b- Opção mais tradicional (Fazendo a massa folhada do zero, é necessário fazer duas massas diferentes e montá-las. Preste muita atenção na consistência da segunda massa para ser bem sucedido)Primeira Massa (massa base):
• 1 colher de (sopa) de manteiga
• ½ colher de (sopa) de banha
• 2 copos de farinha de trigo
• 1 pitada de sal
• 2 gemas
• Misture tudo e amasse com água gelada

Segunda Massa (massa secundária, será passada como manteiga, sobre a massa base):
• 1 e ½ copo de farinha de trigo
• 100 gramas de manteiga
• 100 gramas de banha
• Misturar todos os ingredientes

Preparando a massa tradicional:
Abrir a primeira massa, arredondada e na espessura mais grossa que a massa de pastel. Passar a segunda massa em toda ela, com a faca, como se estivesse passando manteiga. Enrolar como rocambole e cortar em 2 partes. Abrir com o rolo, fechando as 2 extremidades, deixando na espessura não muito fina, formando um retângulo.
OBS: Mais uma vez lembrando que, por princípio, os ingredientes sempre devem estar à temperatura ambiente, principalmente quando preparamos massas! Caso algum deles precise estar gelado ou frio, isto será comentado SEMPRE.
Modo de Preparo• Pré-aqueça o forno a 180 graus.
• Amacie a carne com um martelo próprio e seque os pedaços com papel toalha.
• Em um prato, misture a farinha, sal e pimenta.
• Adicione a carne, virando-a para que todos os lados fiquem empanados com a mistura. Tire o excesso e transfira para outro prato.
• Em uma panela grande, aqueça o óleo em fogo médio; em seguida, coloque alguns pedaços de carne na panela e frite por cerca de 2 minutos por lado. Retire. Repita a operação até que todos os pedaços tenham sido fritos.
• Na mesma panela, adicione a cebola, alho e água.
• Com uma colher de pau, raspe todos os pedacinhos marrons do fundo e da lateral da panela. Mexa frequentemente até que a cebola fique macia (em média, 5 minutos).
• Adicione a pasta de tomate e cozinhe por mais 5 minutos.
• Coloque a carne (com todo o suco que ela tiver soltado na tigela), o caldo de carne, a cerveja, o molho Worcestershire, pimenta, tomilho, cenoura e deixe ferver.
• Transfira para um refratário e leve ao forno até que a carne fique macia e o molho, encorpado (cerca de 1 hora e meia). Retire o tomilho e deixe esfriar completamente.

Montando o prato
• Pincele ambos os lados da massa com o ovo e a colher de água e coloque a massa no fundo e na lateral de duas formas redondas médias, altas.
• Divida a mistura de carne entre as duas.
• Cubra as formas com massa folhada, pressionando-a contra os lados para aderir.
• Pincele novamente com ovo.
• Coloque outra camada de massa e, mais uma vez, pincele com ovo. Leve a geladeira por 15 minutos ou até que a massa fique completamente fria.
• Asse as tortas em forno médio, pré-aquecido, por cerca de 20 minutos, ou até que a massa ganhe tom marrom-dourado.


O Resultado


terça-feira, 7 de setembro de 2010

Bolo de Limão da Grace

Comemos na casa de amigos do grupo de estudo bíblico, ontem... receita da Grace, que é uma boleira de mão cheia!

Ingredientes para Massa:

- Mistura de bolo de limão (mais fácil, menos gostoso)

OU

- 3 xícaras de farinha

- 2 xícaras de açucar

- 1/2 copo americano de suco de limão


Usando a mistura pronta ou fazendo sua mistura, de qualquer forma você precisará também de:

- 1 copo de yogurt natural

- 1 gelatina de limão de 45 gramas

- 1 copo de óleo

- 3 ovos

- 1/2 colher de chá de fermento


Ingredientes cobertura

- 1 lata de leite condensado

- Suco de 2 limões grandes

Modo de fazer:

Massa

- Bater tudo, acrescentando o fermento por último, e misturando com a colher

- Colocar em uma forma

- Levar ao forno, à 200.C por 40 minutos (não abrir antes de 30 minutos!)

- Abaixar a temperatura para 180.C e manter por mais 10 minutos

Cobertura

- Misturar, colocando o suco de limão aos poucos no leite condensado


Após o bolo esfriar, coloque a cobertura

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Bolo de maçã com mel para comemorar o Hosh Hashana

Saiu hoje no site da Folha uma receita de bolo de maça com mel para comemorar o Hosh Hashaná ... resolvi experimentar a receita na correria, e acabou dando muito certo. Vejam as fotos e leiam a receita. A receita no site da folha está com algumas lacunas, procurei explicar mais detalhadamente abaixo.

Ingredientes (para um bolo de tamanho médio)

1 e ½ copo de Açúcar
2 colheres de sopa de óleo
2 ovos grandes
250 gramas de mel
3 ½ copos de farinha de trigo
1 ¼ colher de chá de bicarbonato de sódio
1 ¼ colher de sopa de fermento em pó
1 ¼ colher de chá de canela
½ colher de chá de sal
¾ de copo de café (pronto, não o pó)
2 maçãs grandes descascadas e cortadas em cubos pequenos

Ingredientes para a Cobertura
1 maça cortada em fatias finas
2 colheres de nescau ou chocolate do padre
2 colheres de manteiga
1 copo de leite

Modo de preparo
- Aqueça previamente o forno a 180 graus e unte a forma, que deve
ser redonda.
- Numa batedeira, bata o açúcar, o óleo, os ovos e o mel. Vá adicionando os demais ingredientes secos alternadamente com o café.
- Acrescente as maçãs picadas e misture delicadamente com uma espátula.
- Coloque a massa na forma e asse por aproximadamente uma hora e 10 minutos, ou até ficar dourado. (no meu caso vocês poderão perceber que ele queimou um pouco, ficou 1:10 em forno elétrico)
- Cubra com frutas cortadas em forma de leque.
- Acrescente a calda.

Modo de preparo da calda
Em uma panela pequena adicione o leite, chocolate e manteiga e mexa até borbulhar.
Reduza por aproximadamente 10 minutos.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Pizza boa...Pizza da Villa Ema

Pessoal,

Tentamos uma pizzaria nova na Vila Ema, já por duas vezes, atraidos pela proomoção de muzzarella e napolitana à R$14,90 com bom resultado.
Pizza da Villa Ema, de propriedade do Vinícius Ferreira, (ajudado pela Cidinha) , abriu há um ano e meio, na rua Madre Paula e tem uma pizza honesta, com muzzarella de boa qualidade e que apesar de não ter massa grossa vem com bordas largas e crocantes, bem saborosas. A casa tem algumas mesas num deck de madeira ajeitadinho, mas o forte mesmo é entrega.
Durante a semana durante o dia, servem marmita ou prato executivo à R$7,00, quem experimentar por favor mande um depoimento.
Pizza da Villa Ema ( http://www.pizzadavilla.com.br/galeria.htm )
Rua Madre Paula de São José, 43 (veja o mapa aqui)
Vila Ema - São José dos Campos
Tel: 3923-9044

De terça à domingo, das 18:00 à 12:00
Preços: R$ 14,90 pizza de muzzarella, para entrega (em promoção)
Entrega à domicílio? Sim

Aceita Cartão